Vida útil da pilha. O que contém um número?

Se adora a conveniência da longevidade de uma pilha, os mouses da Logitech deixarão você satisfeito. De fato, a energia do Logitech® Marathon Mouse M705 durará até três anos sem uma ida à loja para comprar duas pilhas AA.

Veja todos os mouses com vida útil das pilhas estendida.

Mas alguma vez se perguntou como determinamos a durabilidade de uma pilha? E quanto ao aviso de isenção em cada embalagem? “A duração das pilhas varia conforme o usuário e as condições de computação”.

Neste artigo, passaremos a você todos os detalhes e veremos os bastidores da vida útil de uma pilha.

Behind numbers

Por trás dos números

Não é possível fazer uma estimativa geral para a vida útil da pilha de um mouse. Ela varia de pessoa para pessoa mais do que qualquer outro dispositivo dependente da energia de pilhas. E não há padrão no setor para calculá-la. Fazemos o melhor possível para apresentar uma vida útil de pilha que um usuário típico espera obter. Mas isso pode variar muito, dependendo da situação. Um usuário moderado pode obter mais de três anos de vida útil da pilha de um mouse, enquanto um usuário intenso pode obter somente um ano com o mesmo mouse.

Então como calculamos a vida útil de uma pilha? Estudamos vários usuários de mouse reais e criamos um perfil de usuário típico. Depois disso criamos uma simulação realizada com mouses reais.

Durante a simulação, medimos a quantidade de energia que os mouses usam e chegamos a uma estimativa de durabilidade — levando em conta fatores como variações da voltagem das pilhas ao longo do tempo, o que tem um impacto na quantidade de energia usada por um mouse.

The big factors

Os principais fatores

Há uma série de variáveis que podem afetar a vida útil de uma pilha do mouse. Embora não exista uma fórmula mágica para saber exatamente quanto tempo uma pilha vai durar, conhecer os principais fatores podem ajudar a obter uma melhor idéia do que esperar — e em alguns casos ajuda a estender o período da troca de pilhas.

  • A freqüência com que o mouse é usado.
    Isso pode variar bastante, dependendo de o mouse ser usado o dia inteiro, todos os dias para o trabalho ou apenas algumas horas aqui e ali em casa.
  • Modo de navegação.
    Quanto mais o mouse é movido, mais energia ele consome. Se você usar atalhos para reduzir a freqüência do uso do mouse, maior será a durabilidade das pilhas do mouse.
  • Os tipos de tarefas executadas.
    Você passa muito tempo em atividades que requerem o uso intenso do mouse, como navegar a Internet? Ou passa a maior parte do tempo digitando e-mails ou documentos que envolvem poucos movimentos do mouse?
  • O tipo de superfície utilizada.
    O sensor de rastreamento usa mais energia do que qualquer outra coisa no mouse. E o tipo de superfície em que o mouse é usado afeta a quantidade de energia usada pelo sensor. Embora as melhores superfícies variem, dependendo do mouse, em geral é melhor evitar superfícies pretas, ásperas ou sem brilho.
  • Movimento casual.
    Vai sair e levar o mouse consigo? Lembre-se de desligá-lo com o interruptor de ligar/desligar. Embora nossos mouses sejam projetados para entrar no estado de dormir quando não estão sendo usados, eles despertarão ao serem movimentados dentro da pasta ou na mão — e esse movimento pode usar muita energia.
  • As pilhas que são usadas.
    Usa pilhas antigas, baratas ou recarregáveis? Todas elas podem reduzir a vida útil da pilha. Geralmente a vida útil é mais longa com pilhas novas e de alta qualidade. E, para obter os melhores resultados, você deve substituir as duas pilhas ao mesmo tempo com pilhas do mesmo pacote. A mistura de marcas, tipos ou datas de vencimento também pode diminuir a vida útil.

Procura um mouse com uma vida útil tão longa que irá se esquecer de quando trocou as pilhas na última vez?

Confira nossos mouses com vida útil de pilhas estendida.