Artigo: Quanto maior a ergonomia, maior é o bem-estar e a produtividade da equipe

PULAR PARA O CONTEÚDO PRINCIPAL
Pangea temporary hotfixes here
Pessoa usando mouse e teclado ergonômicos

Após mais de três anos do início da pandemia global, pesquisas indicam que equipes de trabalho remotas estão enfrentando problemas de bem-estar físico causados ou agravados pelo trabalho remoto em espaços não otimizados para o conforto ergonômico. Embora estejamos apenas começando a entender os impactos de trabalhar em ambientes fora do escritório, já existem opções de estações de trabalho e tecnologias disponíveis para compensar os riscos a longo prazo.

 

 

É claro que a saúde e a segurança ergonômicas não são uma questão nova, mas houve um agravamento no problema nos últimos anos pelos espaços de trabalho improvisados em casa. Neste artigo, vamos destacar pesquisas recentes sobre o bem-estar da equipe e compartilhar como as empresas podem ajudar a criar espaços de trabalho mais saudáveis.

10% dos usuários pressionarão 11.000 teclas e farão 4.000 cliques por dia

As equipes estão sentindo tensão e fadiga. Confira o que aprendemos

A natureza do trabalho híbrido que prioriza o contato por vídeo requer ferramentas que permitem uma colaboração eficaz sem criar novos problemas ou agravar os existentes. Infelizmente, muitas equipes ainda estão lidando com espaços de trabalho improvisados na mesa da cozinha ou mesmo no sofá, além de usar dispositivos de escritório trazidos para casa no início da pandemia.

Pessoa usando um laptop na mesa de centro

Muitas pessoas trabalham remoto em ambientes que não são ideais para sua saúde, bem-estar e produtividade

 
Essas condições insatisfatórias criam vários problemas e nossos dados mostram que as equipes híbridas estão subnotificando os desafios enfrentados.
 
Um estudorecente da Logitechcom mais de 3.000 pessoas em trabalho remoto com equipamentos padrão, como computadores, mouses, teclados e monitores revelou que:
 
  • 58% das pessoas precisam se sentar em uma posição desconfortável para serem vistas em reuniões por vídeo.

  • 69% relatam desconforto físico, incluindo fadiga ocular, após longos períodos sentados durante as chamadas.

Pessoa usando laptop com dor nas costas

O que a ciência diz sobre a ergonomia no trabalho remoto

Novas pesquisas científicas refletem essas descobertas. Um estudo clínico recente descobriu que: 

  • 24% das pessoas entrevistadas relataram um novo desconforto no trabalho remoto que não sentiam no escritório.

  • 51% das pessoas entrevistadas relataram um aumento na gravidade de seu desconforto preexistente relacionado ao trabalho desde a transição para o ambiente de trabalho remoto.

  • O agravamento do desconforto no pescoço e nas costas foi relatado por mais de um terço das equipes. 

    “Devemos desenvolver padrões ergonômicos mais eficazes e práticas recomendadas para as pessoas que trabalham remoto com a finalidade de ajudar a mitigar influências do teletrabalho no desconforto relatado”, observam os autores do relatório, “especialmente para aqueles com desconforto musculoesquelético pré-existente”.

Comece com o básico

Quando você pensa em ergonomia, as primeiras coisas que vêm à cabeça são provavelmente cadeiras e mesas de escritório, e existe um motivo para pensar assim. Elas são a base de um espaço de trabalho saudável. Para preparar as equipes para o sucesso, comece descobrindo qual suporte sua empresa oferece para as pessoas que trabalham remoto possam montar uma estação de trabalho ergonômica. São oferecidas cadeiras ajustáveis ou mesas com regulagem de altura? Você pode descobrir que muitas equipes estão simplesmente se contentando com o que já tinham em casa, como cadeiras da sala de jantar e mesas de cozinha.

Seja qual for o caso, a equipe de TI pode ajudar as pessoas a otimizarem suas estações de trabalho em casa para o bem-estar ergonômico compartilhando estas dicas úteis:

  • Ajuste a altura da cadeira: os joelhos devem estar próximos a um ângulo reto, de modo que as coxas fiquem paralelas ao chão e os pés fiquem planos. As almofadas podem ajudar a alcançar a altura certa se a cadeira não for ajustável. 

  • Escolha a altura certa da mesa: os antebraços devem estar alinhados com a parte superior da mesa, com os cotovelos apoiados confortavelmente em um apoio de braço, se disponível. 

  • Apoie as costas: se a cadeira não tiver suporte lombar, um travesseiro ou almofada pode ajudar.

    Com o básico resolvido, você pode passar para o suporte ergonômico específico de TI.

Pessoa com uma configuração ergonômica de estação de trabalho

Como a equipe de TI pode ajudar?

Conforme a pesquisa mostra, as pessoas que trabalham remoto estão enfrentando um desconforto que poderia ser facilmente resolvido com uma tecnologia de nível empresarial feita para a colaboração remota. Para ajudar a reduzir a ocorrência de desconforto no pescoço, nas costas e outros desconfortos musculoesqueléticos, a maioria dos profissionais remotos pode se beneficiar de:

  • Monitor externo: ficar olhando para a tela de um laptop o dia todo é uma causa comum de desconforto. Portanto, um monitor externo pode ajudar a elevar a linha dos olhos. Para uma postura ideal, a parte superior da tela deve estar 10° abaixo dos olhos e a cerca de um braço de distância. 

  • Webcam externa: com tanto tempo gasto em reuniões por vídeo, trocar a webcam do laptop por uma webcam externa na parte superior do monitor pode ajudar a elevar a linha dos olhos e melhorar a postura. Além disso, recursos modernos das webcams, como o enquadramento automático, permitem que as pessoas se movam confortavelmente durante as reuniões enquanto permanecem enquadradas. 

  • Mouse ergonômico: trabalhar com um mouse tradicional causa fadiga ao longo do tempo, mas um mouse ergonômico pode colocar o punho em uma posição mais natural e reduzir a tensão muscular por repetição. Quando as equipes mudaram para o mouse MX Vertical ergonômico da Logitech, o movimento da mão foi reduzido em quatro vezes, com 10% menos tensão muscular.

  • Teclado ergonômico: uma estrutura de teclas curvas coloca suas mãos, punhos e antebraços em uma postura mais natural, reduzindo o esforço muscular. Além disso, quando você emparelha esse teclado com um apoio de punho acolchoado, pode reduzir ainda mais a fadiga muscular. Por exemplo, em comparação com um teclado tradicional sem apoio para os punhos, o ERGO K860 da Logitech oferece 54% mais apoio para os punhos, reduzindo a flexão em 25% comparado a um teclado tradicional sem apoio.

  • Áudio nítido e confortável: se você deseja ir além do básico, equipamentos com viva-voz e headsets otimizados para o conforto podem ajudar a aliviar o esforço para ouvir durante as chamadas. 

    Assim como tudo no trabalho híbrido, não há uma única solução para tudo. As empresas também precisam considerar os tipos de espaços de trabalho em casa que as pessoas usam (por exemplo, uma mesa de cozinha em comparação a um escritório em casa) e o fato de que as necessidades físicas de todos são diferentes. Considere uma abordagem com curadoria para atender a todas as necessidades. Ofereça uma pequena seleção de opções ergonômicas com curadoria da equipe de TI para as pessoas escolherem, possibilitando assim que todos possam encontrar a opção ideal para suas necessidades.

    Como alternativa, algumas empresas agora oferecem uma bolsa ou reembolso para as equipes otimizarem seus espaços de trabalho em casa com seus equipamentos ergonômicos favoritos.

Mãos digitando em teclado ergonômico separado

Fornecer teclado e mouse ergonômicos pode ajudar muito a reduzir o desconforto dos funcionários em casa e no escritório.

Como criar espaços de trabalho mais saudáveis

É fundamental garantir que as ferramentas usadas pelas equipes todos os dias tenham um impacto positivo em seu bem-estar, e a Logitech está comprometida em tornar isso possível. Confira o ErgoLab, por exemplo. Com sede na Suíça, nosso grupo de trabalho interno de tecnologia e pesquisa trabalha incansavelmente para tornar o futuro do trabalho saudável e confortável por meio da ergonomia, para que você tenha certeza de que levamos o bem-estar das pessoas a sério. 

Confira o informe oficial Ergonomia é uma boa economia para descobrir como a ergonomia também pode ajudar nos resultados da sua empresa. 

Se você deseja criar espaços de trabalho mais saudáveis para suas equipes, confira nossos periféricos da série Ergo.

Mão segurando um mouse vertical

Mouse Logitech ergonômico Lift Vertical

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR EM

Prevenir o esgotamento no local de trabalho
Insights

Como a falta de ergonomia pode levar ao esgotamento

O esgotamento profissional devido à ergonomia deficiente leva à perda de produtividade dos empregadores. Este artigo discute como evitar o esgotamento no local de trabalho por meio da ergonomia adequada.
conexão humana, crucial para o trabalho híbrido
Insights

Conexão humana, crucial para o trabalho híbrido

Os modelos híbrido e remoto são o futuro do trabalho. Leia este artigo para saber como tornar o trabalho híbrido significativo, equitativo e eficaz.
PopCom
Insights

Inovação em automação de varejo com a Logitech

Descubra como a automação de varejo da PopCom alcançou o sucesso com as soluções da Logitech.
Ilustração da evolução do trabalho de um homem das cavernas para um funcionário no escritório
Insights

Ative a programação intuitiva de salas em sua empresa

Leia este artigo para saber mais sobre como ferramentas de agendamento de salas podem tornar as reuniões mais produtivas e reduzir o tempo gasto da equipe de TI.
ícone de pesquisa

Procurar categorias:

CONECTE-SE