Mulheres que dominam

PULAR PARA O CONTEÚDO PRINCIPAL
Pangea temporary hotfixes here

Nossa missão

Em áreas STEM, como engenharia de software, problemas sistêmicos continuam a impedir que as mulheres cheguem ao topo.

A Logitech Master Series busca equipar homens e mulheres com as ferramentas de que precisam para obter o máximo de desempenho e sucesso, fortalecendo os valores de toda a empresa de equilíbrio, diversidade e igualdade de gênero global.

Com #WomenWhoMaster, nossa missão é iniciar um movimento em todo o setor que trate dessas questões de uma vez por todas.

Mulheres falando em uma reunião

O que (e quem) está atrapalhando as mulheres no setor tecnológico?

A Logitech MX e a Girls Who Code entrevistaram 400 trabalhadores de tecnologia e TI, revelando os fatores de inovação mais influentes para mulheres que buscam carreiras nesses setores.

Ao educar sobre essas barreiras principais e fatores de inovação em mais escolas, locais de trabalho e a sociedade em geral, podemos apoiar o sucesso de mais mulheres em STEM.

Leia o relatórioO relatório abaixo está disponível apenas em inglês

Cinco inovações para mulheres que buscam uma carreira no setor tecnológico

CONHEÇA OS MESTRES

Inspire-se nas mulheres ao volante da tecnologia.

Jerelyn Rodriguez

Jerelyn Rodriguez

Jerelyn Rodriguez quer ajudar mais pessoas de bairros de baixa renda a se tornarem uma só. A cofundadora da The Knowledge House está retribuindo à sua comunidade no Bronx para que mais pessoas tenham acesso a empregos em tecnologia de alta remuneração.

Faiza Yousuf

Faiza Yousuf

Faiza Yousuf está determinada a ajudar mais mulheres no Paquistão a buscar e avançar na indústria de tecnologia. De bootcamps de programação a aceleradores de carreira, ela está criando visibilidade, comunidade e inclusão em seu país.

Gabby Llanillo

Gabby Llanillo

Tendo crescido jogando videogame nos cafés de computador de seus tios nas Filipinas, Gabby Llanilla agora trabalha para uma das maiores desenvolvedoras de videogame americanas. Descubra o que ela pensa sobre orientação, apoio e o poder de ser você mesmo.

Sara Inés Calderón

Sara Inés Calderón

Sara Inés Calderón descobriu a codificação através do jornalismo. Como uma engenheira de software de sucesso, Sara compartilha conselhos e incentivos para mulheres que se sentem deslocadas nas áreas de STEM e como os diversos conjuntos de habilidades são subestimados na tecnologia.

Aisha Bowe

Aisha Bowe

Aisha Bowe é a fundadora e CEO da STEMBoard, uma empresa de serviços de tecnologia e criadora da LINGO. Conversamos com ela sobre sua vida, carreira, ideias sobre orientação e visão para o futuro em sua área.

#WOMENWHOMASTER NO INSTAGRAM

Conhece alguma #WomenWhoMaster? Indique-a no Instagram e você poderá vê-la em destaque aqui!

MENINAS QUE CRIAM, FAZEM E REALIZAM.

Fechando a lacuna de gênero na tecnologia de uma vez por todas, um programador excepcional de cada vez.

Logotipo da parceria GWC e MX
Homem trabalhando em um laptop

Menos mulheres estão entrando na tecnologia do que nunca

Você sabia que em 1995, 37% dos cientistas da computação eram mulheres - mas hoje, são apenas 24%?*

Ao abordar problemas sistêmicos no mundo da codificação e combater a alta taxa de desistência de meninas entre 13 e 17 anos, a Girls Who Code visa eliminar a diferença de gêneros em empregos de tecnologia de nível básico - já em 2027. E a Logitech MX está comprometida em ajudar essa ambição a se tornar realidade.

Duas meninas discutindo e trabalhando

Compromisso da Logitech

A Logitech está doando US$ 0,05 para o Girls Who Code com cada produto MX vendido. Nos comprometemos com uma doação mínima de US$ 300 mil até o final de 2022.